10º VDS 26 a 29 de Outubro de 2022
Home » Mini-Cursos

Mini-Cursos

Conteúdos e Características dos "Mini-Cursos" de 16 horas- dias 26 e 29

MC12 Ruído Laboral 

Entidade Formadora: dBwave.i (Dr. João Figueiredo)

  • Conceitos Fundamentais
    • Som Vs Ruído
      • Natureza do Som
      • Velocidade
    • Características do Som
      • Amplitude, Frequência, Comprimento de Onda
      • Escala de Decibel, Nível de Pressão Sonora
    • Medição do Som
    • Ruído Vs Homem
    • “Medidas Preventivas e Controlo de Ruído nas Indústrias”
  • Legislação Laboral - D.L. 182/2006
    • Valores Limite de Exposição e Valores de Acção
    • Ficha Individual do Trabalhador
    • Informação e Formação dos trabalhadores
  • Medição e Análise
    • Medição do Ruído
    • Cálculo da Exposição do Pessoal diária ao Ruído (LEX, 8h) e Média Semanal (LEx,8h) e Efetiva (LEX, 8h, efect)
    • Escolha de Protetores Individuais
    • Cálculo de Incertezas segundo a Norma NPEN ISO9612:2009
    • Simulação de ensaio
    • NOTA: Este curso garante a formação específica considerada como adequada para a realização de medições de Ruído Laboral

 

MC35 – "Implementação de Sistemas Integrados – Ambiente, Qualidade e Segurança"

Entidade Formadora: ESTeSC (Prof. Doutor João Almeida)

  • Introdução.
  • Sistemas integrados de gestão como resposta a desafios de futuro: Sustentabilidade, Indústria 4.0, Internet of Things e Economia Circular
  • Propriedades emergentes da integração de sistemas de gestão
  • Difusão de sistemas integrados de gestão
  • Limitações de sistemas de gestão não integrados
  • Benefícios decorrentes da integração de sistemas de gestão
  • Obstáculos comummente enfrentados durante o processo de integração
  • Estratégias para superação dos obstáculos enfrentados
  • Modelos de integração
  • Níveis de integração
  • Auditorias em contexto integrado
  • Estratégias para a integração - Prós e Contras
  • Frameworksguidelines e normas de apoio ao processo de integração de sistemas de gestão
  • Linhas de orientação para a implementação de um sistema integrado de gestão
  • Gestão da informação em contexto integrado
  • "Do’s" e "Don’ts" a ter em conta durante o processo de integração
  • A integração de sistemas com base na ISO 9001:2015, ISO 14001:2015 e ISO 45001:2018
  • Conceito integrador - Pensamento baseado no risco
  • O anexo SL
  • Monitorização e Maturidade de sistemas integrados de gestão - O IMS-MM©
  • Investigação académica no domínio dos sistemas de gestão e do processo de integração
  • Sistemas integrados de gestão como sistemas adaptativos complexos
  • Sumário e Conclusões

 

 MC38 – MAP – Fundamentos e exemplos práticos

Entidade Formadora: FARPROTEC (Engª Susana Ferreira)

  • Identificação do quadro legal e normativo relacionado com as MAP
    • Classificação das utilizações-tipo
    • Classificação dos locais de risco
    • Factores de risco
    • Categorias de risco
    • Diagnóstico das condições segurança dos edifícios existentes
    • Custo da implementação das MAP (Taxas e coimas)
  • Dimensionamento, elaboração e manutenção das MAP
    • Organização da Segurança
    • Estrutura do serviço de segurança ao incêndio (SSI)
    • Funções do SSI em exploração normal
    • Funções do SSI em caso de incêndio
    • Funções do SSI no decurso da evacuação
    • Registos de segurança
    • Procedimentos e plano de prevenção
    • Procedimentos de emergência e plano de emergência
    • Equipa de Segurança
    • Simulacros
  • Organização de simulacros
    • Tipo de simulacros
    • Guia do simulacro
    • Relatório do simulacro
  • Implementação das MAP
    • Etapas com vista à implementação das MAP
    • Técnicas e ferramentas de apoio à implementação das MAP
    • Casos de Estudo

 

MC56 – Coordenação de Segurança em Obra

Entidade Formadora: SAFETYWAY (Engº Filipe Casal Ribeiro)

  • A “Evolução” da função da Coordenação de Segurança desde 2003 até hoje;
  • A função do Coordenador de Segurança numa era “Pós” austeridade e COVID;
  • Decreto-lei 273/2003 - Confrontação da adequação nos dias de hoje de uma legislação com aproximadamente 20 anos, numa realidade completamente diferente daquela em que ela originou;
  • A maneira como as obras públicas são concursadas, na era do CCP, e como a criação desta influenciou a segurança no trabalho da Construção Civil;
  • As diversas realidades da aplicação da segurança, por parte dos diversos intervenientes, na atividade da construção civil e como estas atitudes influenciam a coordenação de segurança;
  • O perigo da certificação das empresas ao nível da Segurança e da Gestão Integrada de Sistemas: Qualidade/Ambiente /Segurança;
  • Quem é classificado como o dono de obra, na conjuntura económica actual?
  • A postura do Dono de Obra perante a legislação em vigor e, consequentemente, a coordenação de Segurança;
  • O papel/obrigações do Coordenador de Segurança, na conjuntura económica actual;
  • Definição de ferramentas/estratégias para o futuro;
  • Objectivos a curto/médio/longo prazo.

 

MC57 – Trabalhos em Altura e Espaços Confinados

Entidade FormadoraPROTEK ACADEMY (a confirmar)

  • Trabalhos em Altura
    • Caracterização dos trabalhos em altura
    • Riscos associados aos trabalhos em altura
    • Equipamentos de Protecção Individual e de Protecção Colectiva
    • Acesso por cordas
    • Acesso por estruturas
    • Resgate 
    • Prática
  • Espaços Confinados
    • Caracterização de um espaço confinado
    • Riscos associados ao trabalho em espaços confinados
    • Autorização de entrada
    • Equipamentos de Protecção Individual
    • Sistemas de trabalho
    • Plano de resgate
    • Dispositivos de ancoragem Tipo B
    • Resgate com recurso a tripé
    • Prática

Conteúdos e Características dos "Mini-Cursos" de 4 horas dia 27

MC04 – Comunicação na SST  

Entidade Formadora: ASVDS (Dr. Luís Lopes)

  • O que é comunicar;
  • Elementos da comunicação e Processo da comunicação;
  • Tipos de comunicação;
  • Comunicação e Informação;
  • Comunicação individual e de grupo;
  • Comunicação e liderança;
  • A importância da comunicação na motivação;
  • Obstáculos na comunicação;
  • Comunicação em SST – O que diz a Lei?;
  • SST - A mensagem e a sua transmissão;
  • A Comunicação e a Sinalética de Segurança;
  • Principais erros de comunicação em SST;
  • A comunicação e o “Marketing” da SST;
  • A eficácia da comunicação – um factor para a mudança.

 

MC15 - Produtos Químicos – armazenamento, manuseamento e controlo – casos práticos

Entidade Formadora: FARPROTEC (Dr. Miguel Pais)

  • Parte 1 – Teórico-prática
    • Enquadramento legal relativo a agentes químicos e agentes químicos perigosos:
      • Disposições legais vigentes: aplicação e articulação entre Regulamentos REACH, CLP e legislação SST
      • Entidades oficiais: âmbito de actuação
    • A Gestão dos produtos químicos:
      • Avaliação Profissional dos Riscos Químicos
      • Cumprimento da legislação aplicável
      • Importância de um inventário documentado
      • Obrigações legais decorrentes da classificação dos produtos químicos:
        • Rótulos e FDS
        • Comunicação na cadeia de abastecimento
      • Classificação de produtos químicos: atitude pró-activa e medidas a adoptar
      • Monitorização do sistema de gestão de produtos químicos
  • Parte 2 – Parte Prática
    • Verificação da conformidade de uma FDS
    • Análise de FDS alargadas e seus cenários de exposição
    • Avaliação de riscos vs cenários de exposição – protecção do trabalhador

  

MC16 - Primeiros Socorros e Suporte Básico de Vida

Entidade Formadora: Enfº Mário Fereira e Enfº Vítor Duarte

  • Cadeia de sobrevivência
  • Suporte básico de vida
    • Exame primário e exame secundário da vítima
    • Compressões torácicas
    • Ventilação boa-a-boca
    • Suporte Básico Vida Adulto
    • SBV dois socorristas
    • Posição lateral de segurança
  • Breve referência a socorros não essenciais (queimadura, insolação, hipoglicémia,....)

 

MC18 - Manutenção de Extintores e Extinção de Incêndios

Entidade Formadora: BS de Leiria (SubChefe de 1ª Miguel Domingues)

  • Extinção de Incêndios (NP EN 2, NP 1800)
    • Classes fogo – A B C D F
    • Agentes extintores
    • Agente químico húmido para a classe F
    • Técnica e manuseamento de extintor na extinção de foco incêndio real
  • Manutenção de extintores (NP 4413)
    • Periodicidade da manutenção e carregamento de extintores
    • Critérios de rejeição de extintores
    • Provas hidráulicas (Extintores de CO2)
    • Relatórios e etiquetas de manutenção
  • Extintores (Portaria 1532/2008, NP EN 3-7)
    • Sinalização e localização
    • Dimensionamento e equivalências ao agente extintor padrão
    • Eficácia do extintor segundo o fogo-tipo

 

MC40 – LEAN Safety - conceitos e aplicações

Entidade Formadora: ISEP-IPP (Mst. Engº José Carlos Sá)

  • Mudança da cultura da segurança, através da filosofia LEAN
  • Integração da segurança na filosofia LEAN
  • Mudança do pensamento na organização
  • Ferramentas LEAN na segurança
  • Investigação de incidentes/acidentes
  • Promoção da Segurança
  • Indicadores para a segurança
  • O caminho para uma segurança de classe mundial na organização

 

MC50 – Procedimentos de Autorização de Trabalho e Consignação de Equipamentos - LockOut/TagOut

Entidade Formadora: TECNIQUITEL (Sr. Arnaldo Honrado)

  • Autorizações de Trabalho
  • Objectivo de um Programa de Consignação & Etiquetagem
  • Riscos Potenciais
  • Legislação, Directivas
  • Definições
  • Princípios Gerais
  • Regras de Ouro da Consignação
  • Excepções Aceitáveis ao uso da Consignação
  • Recursos Necessários
  • Exemplos Práticos
  • Esclarecimentos Adicionais

 

MC51 – Agentes Biológicos

Entidade Formadora: ESTeSC (Doutora Marta Pinto)

  • Tipos origem e fontes dos agentes biológicos
  • Propriedades dos agentes biológicos
  • Transmissão de agentes biológicos em contexto ocupacional
  • Efeitos da exposição a agentes biológicos
  • Avaliação do risco biológico
  • Métodos de colheita 

 

MC60 – Responsabilidade Social – ISO 26000 / SA 8000

Entidade Formadora: State Of The Art (Prof. Doutor Paulo Pereira)

  • Fundamentos da Responsabilidade Social
    • Conceitos de RS
    • Transparência e Comportamento ético
    • Ética empresarial
    • Os Direitos humanos e a Responsabilidade Social
  • Princípios da Responsabilidade Social
  • Requisitos da Responsabilidade Social
    • Trabalho infantil
    • Trabalho forçado
    • Segurança e saúde
    • Liberdade de associação e direito à negociação coletiva
    • Discriminação
    • Práticas disciplinares
    • Horário de trabalho
    • Renumeração
  • Requisitos do Sistema de Gestão SA 8000

Conteúdos e Características dos "Mini-Cursos" de 08 horas dia 27

MC23 – Transporte e Armazenamento de Matérias Perigosas  

Entidade Formadora: ISCIA (Doutor Victor Cardoso)

  • Enquadramento Legal
  • Generalidades
  • Tipos e características das substâncias perigosas
  • Classificação das áreas perigosas
  • Medidas de prevenção e protecção
  • Avaliação dos riscos existentes
  • Equipamentos e ferramentas ATEX
  • Manual de protecção contra explosões

 

 MC28 – ISO 45001 - Sistema de Gestão da Segurança e Saúde no Trabalho

Entidade Formadora: ISCIA (Dr. Mário Basto)

  • Estrutura de Alto Nível – estrutura normalizada das normas de Sistemas de Gestão
  • Análise das alterações relativamente à OHSAS 18001:2007
  • Requisitos da nova norma (versão em vigor)
  • Termos e definições
  • Contexto da organização
  • Liderança e participação dos trabalhadores
  • Planeamento, incluindo acções para tratar riscos e oportunidades – Pensamento baseado no risco e identificação de perigos e avaliação de riscos para a SST
  • Apoio
  • Operacionalização
  • Avaliação do desempenho
  • Melhoria

 

MC32 – Vibrações no Local de Trabalho

Entidade Formadora: SVANTEK (Sr. Arek Wrzosek; Engº Filipe Rodrigues) (ministrado em Inglês, com materiais em Português

  • Vibrações transmitidas ao Sistema Mão Braço
    • Enquadramento legislativo e normativo
    • Máquinas que geram risco de exposição
    • Tempos de exposição
    • Medição de vibrações e informação dos fabricantes
    • Cáculo da exposição
    • Medidas práticas para redução da exposição dos trabalhadores
  • Vibrações transmitidas ao corpo inteiro
    • Enquadramento legislativo e normativo
    • Máquinas que geram risco de exposição
    • Tempos de exposição
    • Medição de vibrações e informação dos fabricantes
    • Cálculo da exposição
    • Medidas práticas para redução da exposição dos trabalhadores

 

MC58 – Protecção dos Membros Superiores e dos Membros Inferiores

Entidade Formadora: BASE (Dr. Flávio Pereira)

  • Membros Inferiores
    • Selecção do calçado ideal para as necessidades reais
    • APP Scan & Fit
    • Nova directiva de fabricação de calçado – alteração de normativa e certificações
    • Conforto vs Segurança. Mitos e realidades
  • Membros Superiores
    • Selecção das luvas ideais para as necessidades reais
    • Norma EN388:2016
    • Importancia de avaliação e controlo de consumos 
    • Recuperação e lavagem de luvas de trabalho

 

MC59 – Exposição a partículas - protecção dos trabalhadores contra os agentes cancerígenos  

Entidade Formadora: CTCV (Doutor Francisco Silva)

  • Módulo 1
    • Exposição ocupacional a partículas – princípios gerais
    • Principais efeitos na saúde de materiais particulados
    • Agentes cancerígenos: classificação
    • Requisitos legais do Decreto–Lei nº 301/2000 de 18 de Novembro, alterado pelo Decreto-Lei nº 88/2015, de 28 de Maio, Decreto-Lei nº 35/2020, de 13 de Julho e Decreto-Lei nº 102-A/2020, de 9 de Dezembro
  • Módulo 2
    • Intervenção da Segurança e Higiene Ocupacionais
    • Avaliação da exposição a partículas - Métodos quantitativos de avaliação da exposição
    • Norma EN 689: estratégia de amostragem e avaliação da exposição
  • Módulo 3
    • Medidas de controlo do risco
      • Eliminação
      • Substituição
      • Isolamento
      • Medidas de engenharia
      • Medidas de organização do trabalho
      • Medidas de protecção individual

 

Conteúdos e Características dos "Mini-Cursos" de 8 horas dia 29

MC24 – Equipamentos Sob Pressão  

Entidade Formadora: ISQ (Engº Rui Mendes) 

  • Parte I - Conformidade de Equipamentos destinados a conter um fluido sob pressão: DL 211/99
    •  
    • Marcação CE
    • Classificação dos equipamentos
    • Módulos de garantia da qualidade
    • Aspectos mais relevantes da Directiva
  • Parte II - Regulamento de Instalação, funcionamento, Reparação e Alteração de Equipamentos Sob Pressão: DL 90/2010
    • Equipamentos abrangidos
    • Âmbito dos Organismos de Inspecção
    • Âmbito das Entidades Oficiais e Fiscalizadoras
    • De que forma se classificam os equipamentos
    • Procedimentos para a legalização de equipamentos
    • Procedimentos para a legalização de reparação e/ou alteração de equipamentos

 

MC30 – ATEX

Entidade Formadora: ISCIA (Doutor Victor Cardoso)

  • Enquadramento Legal
  • Generalidades
  • Tipos e características das substâncias perigosas
  • Classificação das áreas perigosas
  • Medidas de prevenção e protecção
  • Avaliação dos riscos existentes
  • Equipamentos e ferramentas ATEX
  • Manual de protecção contra explosões

 

MC31 – Métodos de Avaliação do Risco Ergonómico – selecção e aplicação prática

Entidade Formadora: Un. Int. de la Rioja (Mst. Ivan Fernandez)

  • Avaliação do risco ergonómico, identificação de factores de risco
  • Justificação da selecção das metodologias de avaliação
  • Avaliação de Posturas Forçadas. Método OWAS (Ovako Working Analysis System)
  • Avaliação de Manipulação Manual de Cargas. Equação NIOSH (The National Institute for Occupational Safety and Health), Metodologia do peso máximo recomendado (RWL: Recommended Weight Limit)
  • Avaliação de Movimentos repetitivos. Método OCRA (Occupational Repetitive Action)

 

MC33 – Avaliação de Risco – aplicação prática de Métodos

Entidade Formadora: ISEP-IPP (Mst. Engº José Carlos Sá)

  • Os princípios gerais de prevenção e a avaliação de riscos
  • O objectivo da avaliação de riscos na prevenção
  • A importância da identificação dos riscos na concessão do sistema de segurança e higiene do trabalho
  • A importância da gestão do risco ocupacional
  • Métodos e modelos de avaliação de riscos:
    • Método de FIOH
    • Método William Fine
    • Método Probabilidade e Consequência
    • Método JAM
    • Método das Matrizes
    • Método Arvore de Eventos
  • Análise e avaliação de casos reais – apresentação de casos práticos através de texto e/ou imagens

 

MC55 – Iluminação – Medição, Cálculos e aplicações práticas

Entidade Formadora: ASVDS (Mst. António Ribeiro)

  • Componente Teórica
    • Introdução
    • Propriedades da luz
    • Conceitos enquadrantes da visão
    • Objectivos, parâmetros, unidades e equipamentos de medição
    • Factores de risco e efeitos da exposição (ambiente físico)
    • Legislação e Normas Técnicas (valores recomendados)
  • Componente Prática
    • Interpretação das características das lâmpadas
    • Cálculo de luminárias
    • Execução de medições (posto de trabalho)
    • Relatório de iluminância (análise ergonómica do trabalho)
    • Medidas de Prevenção e Protecção

 

MC58 – Protecção dos Membros Superiores e dos Membros Inferiores

Entidade FormadoraBASE (Dr. Flávio Pereira)

  • Membros Inferiores
    • Selecção do calçado ideal para as necessidades reais
    • APP Scan & Fit
    • Nova directiva de fabricação de calçado – alteração de normativa e certificações
    • Conforto vs Segurança. Mitos e realidades
  • Membros Superiores
    • Selecção das luvas ideais para as necessidades reais
    • Norma EN388:2016
    • Importancia de avaliação e controlo de consumos 
    • Recuperação e lavagem de luvas de trabalho

 

MC08 – Fadiga Ocupacional  

Entidade Formadora: ASVDS (Doutor José Magalhães)

  • O que é a Fadiga?
  • Tipos de Fadiga
  • Compreender o Sono
  • O Ritmo ou Ciclo Circadiano
  • Reconhecer a Fadiga
  • Causas e Consequências da Fadiga
  • Gestão do Risco de Fadiga
  • A Fadiga no Local de Trabalho e os riscos
    • Compreender os riscos numa operação 24/7
    • A fadiga no trabalho seus efeitos sobre a saúde
  • Trabalho extraordinário, trabalho noturno e trabalho por turnos
  • Sistemas de organização de turnos bio compatíveis
  • Fadiga e Produtividade
  • Implementação de um Plano / sistema de Gestão da Fadiga
  • Indicadores de Fadiga
  • Aposta tecnológica e comportamental no combate à fadiga
  • Ferramentas para a gestão da fadiga
  • Estratégias para combater a fadiga
  • Investigação de Incidentes/Acidentes e Melhoria Contínua
  • Critérios internacionais
  • As suas responsabilidades
  • Forum

 

 MC61 – Protecção Radiológica na Indústria  

Entidade Formadora: ABHO (Engº Luiz Carlos Júnior)

  • Definições e conceitos básicos sobre RI;
  • Áreas de utilização / aplicação das RI;
  • Grandezas e unidades especiais e internacionais;
  • Conceitos e introdução à física nuclear;
  • Norma NN 3.01 da CNEN – Comissão Nacional de Energia Nuclear - Directrizes Básicas de Protecção Radiológica;
  • Riscos e efeitos biológicos das radiações ionizantes;
  • Equipamentos para medição e avaliação das radiações ionizantes;
  • Medidas de controle;
  • Conceitos básicos sobre segurança em radiografia / gamagrafia industrial.